Tenho aprendido a dar tempo ao tempo, inclusive uma grande amiga me lembrou nessa semana de que não estamos numa corrida. Nem quero chegar tão rápido no fim de tudo. Não precisamos chegar lá tão rápido.

Eu quero aproveitar o tempo que tenho para construir a minha casa, um lugar sem medos, sem arrependimentos, cheio de esperança, paz, possibilidades… um porto seguro onde se pode repousar depois das lutas diárias.

Deus é tão bom que durante toda a semana Ele me mostrou diversos lugares que eu considero como casa, lugares onde me sinto aceito e principalmente desejado. Esses lugares são os corações das pessoas que tanto amo.

Mas mesmo me sentindo em casa, quero um lar para mim, quero deixar um lar como legado, não dinheiro, nem casas e carros, mas um lar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *